sexta-feira, 5 de dezembro de 2014

Conheça a passagem da Bíblia que relata a história de homens praticando canibalismo




Não há como negar que o canibalismo, ou melhor a antropofagia, é uma prática geralmente associada à rituais religiosos ou macabros, doenças mentais, crimes bárbaros ou até a questões de sobrevivência. No que diz respeito a este último, talvez uma das mais antigas referências ao canibalismo esteja na Bíblia. De acordo com o Antigo Testamento, ele teria sido praticado na cidade de Samaria, no antigo Reino de Israel.
Segundo relatos bíblicos, a cidade estava cercada por tropas da Síria e, rapidamente, começaram a faltar todos os tipos de suprimentos para os seus moradores. A fome era tamanha, que até fezes de pombos eram negociadas por moedas de prata para servir de alimento às pessoas. Neste cenário, a Bíblia, no Livro II Reis, relata o caso de duas mães que haviam combinado de comer seus filhos. No primeiro dia, o filho da primeira foi servido como alimento e, no dia seguinte, era a vez da segunda mãe fazer o mesmo com seu filho. Porém, esta última não cumpriu o combinado e escondeu sua criança.
O fato é relatado em II Reis 6:24-33: "O rei perguntou a uma mulher da Samaria: 'Que te aconteceu?' E ela: 'Esta mulher me disse: entrega teu filho, para que o comamos hoje, e amanhã comeremos o meu. Cozinhamos, pois, o meu filho e o comemos; no dia seguinte, eu lhe disse: entrega teu filho para o comermos, mas ela ocultou seu filho"'.
O rei, ao escutar aquele relato, rasgou as próprias vestes. Por baixo de sua roupa, estavam sacos de pano, o que em Israel significava um manifesto de imenso sofrimento interior. Em seguida, o rei teria perguntado ao profeta Eliseu as razões pelas quais Deus fez cair toda aquela desgraça sobre Samaria. O profeta Eliseu, entao, leu a seguinte mensagem divina ao rei: “Amanhã a esta hora, você poderá comprar em Samaria três quilos e meio do melhor trigo ou sete quilos de cevada por uma peça de prata.” No dia seguinte, chegava ao fim os terríveis dias de fome em Samaria: os sírios haviam fugido e deixado seus alimentos.
Além desta passagem, há outras na Bíblia que, de acordo com algumas interpretações, estariam relacionadas aos acontecimentos em Samaria e sobre os males que recaem sobre os reis e seus respectivos povos que não são fiéis a Deus.
1 - Deuteronômio 28,53: "Na angústia do assédio com que o teu inimigo te apertar, irás comer o fruto do teu ventre: a carne dos filhos e filhas que o Senhor teu Deus te houver dado".
2 -  Lamentações 2, 20: "Vê, Senhor, e considera: a quem trataste assim? Irão as mulheres comer o seu fruto, os filhinhos que amimam? Acaso se matará no santuário do Senhor sacerdote e profeta?"
3 - Ezequiel 5,10: "Os pais devorarão os filhos no meio de ti, e os filhos devorarão os pais (ó Jerusalém!}".
4 - Jeremias 19,9: "Eu farei que eles devorem a carne de seus filhos e a carne de suas filhas; eles se devorarão mutuamente na angustia e na necessidade com que os oprimem os seus inimigos e aqueles que atentam . contra a sua vida".
Fonte: History

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Postagem mais recente Postagem mais antiga Página inicial